Devo esterilizar o meu animal?
05-08-2015
A esterilização consiste na remoção dos órgãos reprodutores. No caso das fêmeas pode remover-se apenas os ovários (ovariectomia) ou – o mais aconselhado – remover-se quer os ovários, quer as trompas de falópio e o útero (ovariohisterectomia). No caso dos machos, há remoção testicular - orquiectomia.  
Idealmente, o procedimento deve ser realizado antes dos animais atingirem a maturidade sexual ou seja, por volta dos 6/ 7 meses de idade. 
Este procedimento requer anestesia geral pelo que antes da sua realização, é essencial marcar uma consulta pré-anestésica para garantir o bom estado de saúde do animal. São também administrados analgésicos para garantir o conforto do seu animal em todas as fases do processo. Salvo algumas exceções, o animal tem alta no próprio dia.

Porque devo esterilizar o meu animal?
• A esterilização previne o aparecimento de doenças graves como tumores mamários, tumores ováricos e infeções uterinas nas fêmeas, e previne a ocorrência de tumores testiculares e hiperplasia benigna da próstata bem como reduz a incidência de tumores perianais, em machos; aumentado assim significativamente a esperança média de vida do seu animal. 
• Reduz significativamente a agressividade, reduzindo assim indiretamente o risco de contágio de doenças infectocontagiosas que advêm de comportamentos agressivos como a imunodeficiência felina (FIV) e a leucemia felina (FeLV).
• Evita ninhadas não planeadas – a sobrepopulação animal é um problema grave da nossa sociedade uma vez que milhares de animais continuam a ser abatidos por incapacidade de se encontrar uma família para todos.
• Termina com comportamentos sexuais nomeadamente monta em objectos e/ou pessoas por parte dos machos, vocalizações nas gatas e perdas de sangue nas cadelas. Neste sentido, previne também o comportamento de fuga que frequentemente culmina em que o animal se perca, seja atropelado ou atacados por outros animais.
• Reduz o comportamento de marcação urinária.

Questões frequentes:

É preferível que a minha gata/cadela tenha uma ninhada, antes de ser esterilizada? 
O facto de as fêmeas terem uma ninhada, previamente à esterilização, não traz qualquer vantagem para as mesmas em termos de saúde. De facto, a esterilização antes do 1º cio está associada a uma prevenção ainda mais eficaz de doenças como os tumores mamários, por exemplo.

O meu animal vai engordar após a esterilização?
De facto, existe uma tendência para os animais aumentarem de peso após a esterilização devido à redução da taxa metabólica que ocorre secundariamente à redução das hormonais sexuais. No entanto, isto é facilmente evitável se ajustarmos a ração dada aos nossos animais às suas novas necessidades calóricas, diminuindo a quantidade fornecida e potenciando o exercício físico. 

Se pondera optar por este procedimento para o seu animal de companhia, se permanecem algumas dúvidas relativamente ao mesmo ou ainda acerca da alimentação e quantidade mais adequadas após a sua realização, não hesite em falar connosco!